sábado, 8 de março de 2014

E quando as luzes se apagarem…(Repostado do MIM)

Em seu mundo seus medos às vezes lhe pregavam peças, suas ideias constantemente se embaraçavam e entre outras coisas por causa dos remédios seu corpo o traia muitas vezes, esse era o seu pequeno  mundo  onde nada era perfeito até o dia que ela apareceu a estagiária meio louca do sorriso largo do abraço apertado, ela ficou primeiro na ala infantil, ele fugia constantemente para espiona-la enquanto ela brincava com as crianças até que um dia ela o viu e o chamou para fazer parte da brincadeira dês daquele dia ele passou a se divertir e a divertir todas as tardes, até que ela foi transferida, ele não podia acreditar no que via ela estava na sua ala, era como se seu frágil mundo tivesse desabado por completo, ela descobriria o que ele era, porque ele estava ali, ele não queria que ela sentisse pena dele que ela descobrisse que o estado dele era pior do que o daquelas crianças, ele não a viu se aproximar, ele já se encontrava perdido no mar de devaneios, e então com um sorriso bem largo ela o abraçou como fazia com as crianças sussurrou em seus ouvidos ‘’eu já sabia por isso pedi transferência… ’’ e então ele foi se acalmando e quando olhou para o rosto dela ela estava com o nariz de palhacinha e com duas ‘’Marias Chiquinha’’ ele começou a rir como uma criança, e ela continuando a frase: ‘‘… só para te fazer feliz’’.

Escrito e postado por mim no (http://jujumeumundo.blogspot.com.br/2012/04/e-quando-as-luzes-se-apagarem.html)

Nenhum comentário:

Postar um comentário